ACIAGGO - Associação Comercial e Industrial de Aparecida de Goiânia

Comitê de Desburocratização

 

Comitê de Desburocratização

ACIAG, Polos Industriais e o SEBRAE se unem para promover o desenvolvimento aparecidense

 

O município de Aparecida de Goiânia é o grande Oasis da economia do Centro-Oeste brasileiro movimentando um PIB superior a R$ 12 bilhões. Uma verdadeira máquina de sucesso, que possui mais de 40 mil CNPJs e fomenta 100 mil empregos formais. Números robustos, que atraem investidores e geram oportunidades. Entretanto, analisando mais de perto, alguns gargalos foram detectados, principalmente referentes a burocratização. Desta forma, visando superar estes obstáculos, a ACIAG, os Polos Industriais e o SEBRAE se uniram com o objetivo de criar um grupo de entidades e empresários. Assim foi criado o Comitê de Desburocratização.

O presidente da ACIAG, Leopoldo Moreira Neto, ao observar as demandas empresariais, iniciou um diálogo com o Coordenador do Escritório Regional do SEBRAE em Aparecida de Goiânia, Éder José de Oliveira e ambos perceberam que apesar de toda pujança aparecidense, ainda há potencial para o desenvolvimento. “Somos uma cidade empreendedora, de gente trabalhadora e que caminha a passos largos para se tornar a principal economia do interior goiano. Para isso, precisamos encarar o desafio de desburocratizar nosso município. Um processo factível e que precisa ser concluído por vários setores. Pensando nisso, ao lado do SEBRAE iremos criar um comitê que terá o objetivo de convergir os anseios empresariais e da sociedade com os poderes públicos. Para termos êxito nessa jornada, iremos convidar para fazer parte deste debate o prefeito Gustavo Mendanha, secretários, vereadores, entidades classistas e os presidentes dos polos empresariais. Precisamos desburocratizar para crescermos cada vez mais, o que fomentará o desenvolvimento socioeconômico de Aparecida”, ressalta o presidente, que afirma que o quadro de diretoria da ACIAG conta com exímios contabilistas, que auxiliarão neste processo. Leopoldo destaca também que convidará a OAB e Universidade Federal de Goiás para o fazerem parte e contribuírem com o Comitê.

Segundo o SEBRAE alguns pontos em especial devem ser analisados, visando inclusive a atualização da legislação aparecidense. “Tanto a Prefeitura, quanto a Câmara são parceiras do empreendedorismo e sempre nos auxiliam, pois reconhecem que os benefícios são geração de empregos e aumento de divisas”, destaca Eder, que enfatiza que entre as ações do Comitê está a criação de um documento que será apresentado à Câmara de Vereadores e aos secretários aparecidenses. “Se faz necessária a modernização de nossa legislação, bem como a desburocratização em diversos segmentos do executivo. Para tanto vamos nos aproximar de todas as secretarias e também de nossos vereadores. Em nosso primeiro encontro tivemos a oportunidade da presença da vereadora eleita, Valéria Palmerston, mas nosso intuito é integrar todos os vereadores eleitos para enviarmos ainda no primeiro trimestre de 2021 nossa sugestão para transformar a realidade econômica de nossa cidade”, afirma o coordenador do SEBRAE.

Com a criação do Comitê de Desburocratização será possível a regularização das empresas em atividades no município, bem como a chegada de novos empreendimentos. Entre os aspectos que serão debatidos estão as licenças sanitárias, alvarás de funcionamento, legislação municipal, plano diretor e outros temas, que poderão ser apresentados pelos representantes. As reuniões serão realizadas quinzenalmente na sede da ACIAG.

 

 
Voltar

+ Parceiros